Esqueci minha senha

ASSINE J√Ā

SIMONE E SUA DELICIOSA BUNDA.
Por: BIZA.
Visualizado 7167 vezes

Boa tarde Selma e amigos do maravilhoso site. Aconteceu uma comigo que tenho de relatar para vocês. Trabalho muito indo ao sul de Pernambuco e sempre paro num posto na entrada de um bairro chamado Muribeca, em jaboatão. Lá conheci essa gostosa rabuda, simone. Com o passar do tempo fomos batebdo papo e descobri que ela é casada com um ajudante de caminhoneiro e moram no bairro de marcos freire, nesse pequeno e humilde apartamento dessa foto. Com a confiança ela desabafou sobre sua vida privada, falando viver triste, tanto pelas dificuldades financeiras como pela bebedeira constante do marido quando está em casa. Ela fica aliviada quando ele viaja no caminhão de amigo, como ajudante e passam dias fora.
Almoçamos umas 3 vezes e na última já estávamos íntimo e falei sobre relacionamento sexual. Nossa, fiquei impressionado, por um mulherão desse só saber o que é o trivial mesmo sobre sexo, apesar de confessar outros desejos. Confessei que sempre observava sua bunda e notei que ela ficou sem jeito, mas gostou. Perguntei sobre o que o marido fazia com aquela bunda e ela falou que absolutamente nada. Viram num filme um cara lambendo a bunda da mulher e ela pediu isso. Mas o marido perguntou se ela estava louca. falou que bunda é uma coisa suja e transmite doença, cortando ali a fantasia dela.
Então falei que adorava uma bunda, cheirar, lamber, enfiar objetos, chocolates e adoraria fazer com ela. Ela riu envergonhada, me chamou de doido. Mas falei que se ela fizesse uma vez, não pararia jamais.
curiosa ela topou, mas foi a sua casa num domingo, de pouco movimento na vizinhança e seu marido havia viajado a trabalho. Gente, olha que bunda deliciosa. enorme. Depois dessa foto mesmo fui atrás dela, ajoelhei-me com esse monumento na minha frente e comecei a cheirar com vontade. Ela estava tensa, com a bunda rígida, mas aos poucos ia relaxando. quando estava relaxada, abro aquelas nádegas enormes e vejo no fundo desse rêgo profundo um buraquinho rosado e apertadíssimo. Caio d elíngua na hora, mas ela diz que com a língua não. Fal para deixar de besteira e continuo a lamber e enfiar a língua bem fundo. Ela aí relaxa mais ainda e fica coma bunda empinada para mim. Abro minha bolsa, tiro um chocolate, abro e começo a enfiar. Ela olha para trás e fica admirada, mas deixa. O chocolate vai entrando devagar, com ela gemendo e eu sentindo com os dedos sua bucêta cada vez mais molhada de tesão.
Com o chocolate lá dentro, deito na cama e peço para ela cagar ele dentro de minha boca. ela estava envergonhada, mas excitada demais. Ficou de cócoras e logo aquele ânus estava encaixado no meio de minha boca bem aberta, Com a língua sindo o cu se dilatando, com ela fazendo forcinha e o chocolate começa a sair e vou puxando com os dentes. Quando sai tudo, ela sai rápido, admirada e olha para mim. como aquele chocolate saído do cu dela todinho e isso a deixa maluca e ela começa a olhar aquilo e se tocar gemendo gostoso.
Logo ela estava de pernas abertas e eu estafa fdendo aquele maravilhosa buceta, com aquela cavala gemendo e dizendo que nunca fudeu tão gostoso e queria dar o cu. Era que que queria ouvir. Como não levei lubrificante, peguei manteiga na cozinha, num pote praticamente vazio, melei o de do, passei em seu cu e no meu pau. Como era a primeira vez, seria melhor ela comandar, então pdi para ela sentar. Nossa, ela vinha sentando e eu sentindo aquele cu apertadíssimo na cabeça de meu pau, forçando muito. O cu era tão apertado que não cedia, ela gemia de dor e meu pau tambpm doía. Ela tentou 4 vezes e saía até a dor parar. Na outra vez, fouçou mais um pouco e acabeça passa de uma vez a fazendo gritar alto e ao mesmo tempo pegar um travesseiro e colocar na boca, por causa dos vizinhos. Que delícia ver uma cavala dessa sentada com meu cacete atolado no seu cu. Após uns 5 minutos assim ela começa a rebolar e fala que sente o pau na barriga, duro e pulsando.
Depois coleça devagar a subir e descer no caralho, cada vez mais rápido. Depois de umas descida, ela começa a se peidar cada vez que desce e cada vz mais alto. Fica envergonhada e diz que não dá mais, pois precisa ir a banheiro. eu falei que sabia que ela estava com vontade de cagar mas eu adorava. Falei para ela juntar os dois prazeres, do anal e que podia cagar ali memso no meu pau. a mulher ficou louca e começou a subir e descer ainda mais rápido. Aí o cheiro de merda toma conta e ela se caga demais, porém não pára de subir e descer no pau, passando a acariaicar a buceta e goza feito louca. Em breve pretendo repetir e colcoar microcamera, pois ela não curte fotos nem filmes, nem tem internet em casa.
SEJA SÓCIO AMIGO AGORA PARA VER TUDINHO E FOTO DESA GOSTOSA DE BUNDA ENORME E LINDA.


&acopy; Todos os direitos reservados
selmarecife.com.br