Esqueci minha senha

ASSINE JÁ

ESTUPRADA PELO SEGURANÇA. AMOSTRA.
Por: CAROL.
Visualizado 6117 vezes

Oi meu nome é Carol e vou contar como fui estuprada dentro da empresa que trabalho, quando isso acorreu eu tinha 25 anos e era noiva, tenho 1,65 m , 50 kg bem distribuídos, loira, cabelos longos, olhos claros, pernas bem delineadas, seios médios e bem empinados, chamo muito a tencão por ande passo com comentários e cantadas. Trabalho como secretária em uma empresa e lá todos de chamam respeitosamente de Dona Carol. Percebo que todos me olham com olhos bem gulosos, pois me visto bem; adoro usar saltos bem alto, roupas decotadas, que valorizam meus seios, e saias justas que me fazem sentir muito poderosa e gostosona. Tudo aconteceu em uma noite de sexta-feira que fiquei trabalhando sozinha até mais tarde como ás vezes fazia. Nesse dia o seguranca da empresa havia sido despedido e era o seu ultimo dia de trabalho. Estava na minha sala no segundo andar quando ele entrou bruscamente eu disse a ele que tinha que bater na porta, ele pegou um revolver na cintura e veio em minha direcão, fiquei assustada e perguntei o que ele estava fazendo. Ele disse que era seu ultimo dia ali e que queria levar “algumas coisas” isso num tom bem malicioso. Disse que não tinha nada de valor, mas ele me mandou levantar e abrir um armário que fica no canto veio e comecou a rocar em min, eu me virei e disse brava par ele parar, nisso recebi um forte tapa no rosto e ele falou que o que veio buscar foi minha bucetinha e que era bom eu colaborar porque ele ia me comer de qualquer jeito, pois eu era uma puta que adorava andar por ai se mostrando e agora ia levar pica de verdade. Comecei a chorar e pedi pra ele não fazer isso, recebi outro tapa no rosto, tentei argumentar e ele me bateu de novo. Eu senti que ele gostava mesmo era de bater. Já estava como o rosto vermelho pegando fogo ele me segurou por trás, levantou minha saia e passou a mão na minha bunda enviando o dedo no meu cuzinho. Me virou e levantou de vez minha saia até a cintura me deixando de calcinha na frente dele, fiquei morrendo de vergonha, estava com uma calcinha preta, pequena de renda o que deixou o cara maluco. Me jogou sobre a mesa .....
SEJA SÓCIO AMIGO AGORA E VEJA TUDO COMPLETO.
www.selmabrasil.com


&acopy; Todos os direitos reservados
selmarecife.com.br