Esqueci minha senha

ASSINE J√Ā

ESPOSA DE COMERCIANTE CAGA PARA BIZA HOJE. AMOSTRA.
Por: BIZA.
Visualizado 2653 vezes

Como todos sabem, adoro cheiro e sabor de cu e bosta de mulheres casadas e gostosas. E sempre me arrisco muito para realizar minhas fantasias. Quem vê minhas histórias e filmes acha que é fácil. Mas confesso que tenho sucesso em menos de 5 por cento de minhas investidas. Mas essas valem a pena demais, acredite. Estou agora, neste momento, dia 6 de junho de 2014 em minha casa de praia, na belíssima Enseada dos corais e acabei de realizar uma fantasia com scat com essa gostosa e jovem esposa de um comerciante da região, que eu tentava há meses. Veja pela data e hora nas fotos que realizei agorinha mesmo e ela já saiu, voltando para casa, para o marido não desconfiar.
Eles são proprietários de um pequeno comércio aqui perto de minha casa e essa gostosa sempre está na praia nos finais de semana. Fiz amizade com os dois, pessoas maravilhosas, mas na verdade fiquei fascinado pela bunda dessa esposinha, sempre com fio dental na praia ou shortinho socado andando pelas ruas ou mesmo no seu comércio. Claro que meu sonho era sentir o sabor da bosta que sai dessa bunda, mas é algo quase impossível. Mas pelo menos queria tentar sentir o cheiro do fundo de uma calcinha ou shortinho seu. Mas hoje cheguei onde queria! Como? Bem, fiz amizade com o casal e frequento a casa deles, bem como eles a minha e eu sempre com tara na sua esposa. Fizemos amizade há 6 meses e comecei a olhar cada vez mais para essa bunda. Se ela notasse e não gostasse, eu recuaria, como faço sempre. Mas ela começou a notar e provocar mais ainda, principalmente quando o marido não estava perto. Eu olhava, sorria e ela respondia com sorriso sacana e discreto. Num certo dia, na piscina de sua casa, o marido foi ao sanitário, ela sai da piscina com esse fio dental e começa a exugar-se na minha frente. Quando se baixou, eu falei brincando: Danousse!!! Ela perguntou o que foi! Falei: Nada, nada, deixa pra lá. Ela insistiu, querendo saber o porque da exclamação. O marido chegou e mudamos de assunto.
Na semana passada ela foi a praia e o marido ficou no comércio. Aproveitei, cheguei perto e comecei a puxar papos banais. Num certo momento, ela relembrou sobre aquele dia. Eu falei que foi uma brincadeira, por causa da bunda dela quase na minha cara. Pedi desculpas. Ela perguntou se eu não gostei de ver. Falei que adorei e sempre admiro a bunda dela. Ela confirmou já ter percebido. Depois ela me questiona sobre o interesse de homens por bundas, pois sabe que todos olham a dela, mas não entendia quais os pensamentos. Falei que pelos outros eu não sabia responder, mas os meus eram muito malucos e ousados, até fora do normal. Essa tática é fantástica, pois atiça a curiosidade feminina. Ela pergunta como é o pensamento anormal e falo que prefiro não dizer, para não chocá-la e perder a amizade. Ela insiste, eu não falo e ela se cala, com cara emburrada. Depois de um tempo eu disse que ia falar, mas que ela me perdoasse de fosse ousado. Ela abriu um sorriso e pediu para eu falar. Eu disse que sou louco por uma bunda como a dela, por ela ser casada, linda e a bunda ser maravilhosa, e faria coisas absurdas com uma bunda dessas. Olha, pensei que ia perder ali a amizade! Mas ela perguntou o que, por exemplo. Falei que o cheiro dela, suada, quente e natural, devia ser maravilhoso. Ela parou e perguntou quase me recriminando, se eu gostava de cheiro de cu! Falei que somente de mulheres especiais como ela, pois devia ter um cheiro forte e excitante. Ela me olhou sem entender, mas estava gostando do papo. Ela falou que Moisés, seu marido, lambe a bunda dela, mas somente após o banho, bem limpa. Eu falei que, para mim, seria melhor com cheiro forte e natural e toparia até comer a bosta dela de tão excitado. Ela riu muito e me chamou de louco. Mas fiquei sério, somente olhando e tomando minha cervejinha. Ela parou e perguntou se era sério mesmo isso. Eu disse que se ela topasse, iria adorar. Ela falou jamais ter traído o marido e que mudássemos de assunto. Pronto, pensei que seria mais uma investida frustrada. Ficamos batendo papo e falei que retornaria hoje, dia 6, pela manhã. Assim que cheguei, ela vem e fala que quer conversar. Eu a mando entrar, ainda tirando as coisas do carro. Meio sem jeito, ela falou que estava louca para entregar a bunda para mim, para que fazer o que quisesse, desde que ficasse somente entre nós. Prometi, claro. Ela falou que o marido tinha ido ao Recife buscar mercadorias e a chance seria agora a tarde. Ela tirou a blusa e canga na minha frente e a vi com esse biquíni maravilhoso.
SEJA MAIS UM SÓCIO AMIGO DO SITE E VEJA TODOS OS CONTOS, FOTOS E FILMES, DIARIAMENTE. E SÃO MATERIAIS QUE VOCÊ SÓ ENCONTRA EM NOSSO SITE, EXCLUSIVO.


&acopy; Todos os direitos reservados
selmarecife.com.br